Santa Cruz inicia contatos com executivos de futebol após clássico; veja nomes da lista

Santa Cruz inicia contatos com executivos de futebol após clássico; veja nomes da lista

Presidente Joaquim Bezerra inicia série de entrevistas para chegar ao nome do novo dirigente depois de partida deste domingo, contra o Náutico

Presidente Joaquim Bezerra inicia série de entrevistas para chegar ao nome do novo dirigente depois de partida deste domingo, contra o Náutico

A próxima semana será decisiva para a escolha do novo executivo do futebol Santa Cruz. Após a saída de Nei Pandolfo, que organizou sua volta ao esporte, o coral está no mercado de olho nos nomes disponíveis. Mesmo com países definidos, ainda é impossível fazer projeção de medalha no futebol masculino. Os contatos só devem se intensificar após o clássico contra o Náutico, às 16h deste domingo, pelo Pernambucano.

Assim como na busca pelo novo técnico, o presidente Joaquim Bezerra deve entrevistar cada nome avaliado pelos dirigentes da casa. Alguns contatos já foram feitos por meio de intermediários, recebendo detalhes do programa e perfil procurado pelo clube.

Segundo informações obtidas pelo boletim de idade, alguns nomes já estão em análise pelo clube. A maioria tem experiência no futebol nordestino, como são os casos de Carlos Kila (ex-Náutico) e Fabiano Melo (ex-CSA).

Joaquim Bezerra tem a tarefa de analisar e contatar os potenciais líderes da Santa Cruz – Foto: Marlon Costa / Imprensa Pernambuco

Natural de Natal, no Rio Grande do Norte, Luciano Santos, mais conhecido pelo nome de Luciano Mancha, passou três anos consecutivos no Campinense, entre 2014 e 2016. Desde então, já passou por clubes como o Sampaio Corrêa, onde participou de o acesso à Série B e foi campeão da Copa do Nordeste, Remo e América-RN. Seu último emprego foi no River-PI, de onde saiu em outubro do ano passado.

Luciano Mancha, na época do América-RN – Foto: Augusto Gomes / GloboEsporte.com

Com boa parte da carreira goiana, Marcelo atuou como executivo do futebol cearense entre o final de 2016 e a temporada 2019, ajudando Vozão a permanecer na Série A. Retornando ao Goiás em outubro de 2020, o treinador foi demitido em fevereiro após reformulação da o novo cartão.

  jogos na tv

Marcelo Segurado, ex-técnico de futebol goiano – Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.

Com formação no futebol paulista, Juliano Camargo deixou o Sampaio Corrêa no meio da semana, alegando motivos pessoais. Analista de mercado, ele ganhou destaque como um dos responsáveis ​​pela implantação da ferrovia 2019 – nocauteada nos pênaltis pelo Corinthians nas quartas de final do Paulistão.

Juliano Camargo deixou Sampaio na semana passada – Foto: Lucas Almeida / SCFC

Fabiano Melo, de Alagoas, passou quatro anos no CSA, ajudando o clube a deixar a Série D e ingressar na elite do futebol brasileiro. Depois disso, ele foi para a América-RN em 2020.

Fabiano Melo, na época do CSA – Foto: Denison Roma / GloboEsporte.com

Com formação no futebol pernambucano tendo trabalhado na Cabense e no Náutico, Carlos Kila é um dos nomes mais importantes do mercado. Apesar de gaúcho, ele tem residência permanente em Recife e está até na cidade, tendo saído de Remo no final de janeiro. Lá ele avançou para a Série B e começou a planejar a temporada de 2021.

Carlos Kila já trabalhou no Náutico, Criciúma, Joinville e Remo – Foto: Reprodução / RemoTV

Outro nome disponível é o de Felipe Albuquerque, que trabalhou em Vila Nova e Paysandu. No clube Paraense, foi finalista da Copa Verde 2019 e conquistou o título estadual no ano passado. Em janeiro despediu-se do Papão, substituído por Ítalo Rodrigues – ex-Náutico.

Boletim informativo GEC criado com Sketch.

As últimas notícias de ge diretamente para o seu e-mail

As notícias esportivas que você não pode perder entregues diretamente na sua caixa de entrada

Você acabou de se inscrever para receber o boletim informativo ge.